Thursday, February 25, 2010

She knows better

By the end of the night, she knows deep inside that she always has been right: they are just friends. Nothing less. Nothing more.

She still wanted more, but no matter what she did, they would always be stuck at the same place.


PS: once it was good, but that was it.

Saturday, February 13, 2010

Felicidade alheia

Quando vi aquela carinha feliz na minha frente, toda a minha rabugentisse se foi. Tudo o que eu queria naquele momento era largar as tralhas que estavam nas minhas mãos e encontrá-lo num abraço apertado. Sei lá o porquê, afinal, nada tinha a ver comigo, mas fiquei feliz do mesmo jeito. Fiquei feliz por ele e pelo seu sucesso.

Não saí correndo para o abraço apertado e muito menos dei-lhe o beijo que queria dar, mas sorri e disse o que me veio na cabeça na hora: Que legal! Parabéns!

Friday, February 12, 2010

Monday, February 08, 2010

Música da Semana

Só porque ela é bonitinha....

O amor me pegou
E eu não descanso enquanto não pegar
Aquela criatura
Saio na noite à procura
O batidão do meu coração na pista escura
Se pego, ui me entrego e fui
Será que ela quererá, será que ela quer
Será que meu sonho influi
Será que meu plano é bom
Será que é no tom
Será que ele se conclui
E as gatas extraordinárias que
Andam nos meios onde ela flui
Será que ela evolui
Será que ela evolui
E se ela evoluir, será que isso me inclui
Tenho que pegar, tenho que pegar
Tenho que pegar essa criatura
Tenho que pegar, tenho que pegar
Tenho que pegar

(*) Gatas Extraordinárias (composição: Caetano Veloso)

Saturday, February 06, 2010

Good bye?


Nunca fui muito boa com despedidas. Não sei bem o poquê, mas ainda não sei como lidar com "essas coisas". Não sei se é porque me apego muito às pessoas ou se é porque fui ensinada a não deixar que as coisas se fossem. Sempre guardando. Sempre acumulando.

Quando chega a hora da mudança, meu estômago fica apertadinho e nada passa na garganta. O nó do choro é inevitável, por mais que a mudança seja favorável para mim. Geralmente, tenho mil coisas para dizer para determinadas pessoas, mas, na hora do efetivo "tchau" tudo some, tudo fica perdido em pequenas letras na minha cabeça que não fazem o menor sentido e deixo as lágrimas escaparem. Não que eu goste deste meu ponto fraco, pois não gosto, mas ainda não aprendi a me controlar. Não aprendi a deixar para trás. É difícil, só isso.

Vai e não olha pra trás...


... e é isso que estou fazendo: esperando o novo e nada mais.

Tuesday, February 02, 2010

Pedacinho de mim


Saudade. Ah, saudade.

Às vezes fico pensando como a vida teria sido se eu, de fato, tivesse escolhido ficar um pouco mais. Seis meses mais. Fico imaginando aonde trabalharia, quais fotos tiraria, como eu viveria num lugar cinza com o seu céu de cores intensas.

Ficaria mais tempo? Ia querer voltar? E o futuro?

Conheceria as pessoas que conheço hoje? Teria os mesmos sentimentos de hoje? Continuaria sendo uma maria-mole mesmo tendo que me virar sozinha?

Não dá para imaginar como teria sido e, talvez por isso, evito lembrar os dias passados por lá. Tento não revisitar minhas fotos, meus recados, tudo o que lembre aquele mês.

Mas sei que um pedacinho de mim ficou e sinto saudade. E muita.

It's all about changes

Sometimes you learn, by then you have to move on.
Maybe it was high time I moved on myself and that's what I'm trying to do right now. Although it seems a little selfish, I feel it's the right thing to do. Actually, I'm questioning how much selfish is it... probably not that much. People don't think about each other when it comes to something they really want to. They just do it.
And again I feel a bit afraid and I know I'm a little hard with changes in general, but maybe I just need to learn how to deal with them.


Well, let's see what happens at this new job!

Música da Semana

A change would do (me) good