Saturday, January 19, 2008

~ Kahlos ~


A cada dia morre mais um pedacinho.
As lágrimas escorrem e correm ao lado do caixão que se vai.
Ela ainda o vela, mas não há nada a fazer.
E outro pedaço, menor ainda, nasce.
Esperando para ser cultivado
Para ser cativado
Para ser motivado a viver.

5 comments:

Fê Savino said...

Quadro de Frida Kahlo - "Meu vestido pendurado ali"

Lucas Maio said...

Eu gostei, sim. =)
Vai me dar o que de presente? rs..
Um beijo..

Sir Josef K. said...

Pena que no Brasil os 100 anos de Frida Kahlo se resumiu à uma peça de teatro e a uma exposiçãozica de objetos de arte produzidos por crianças de uma escola pública inspirados na artista. Mas também, coitada, deu azar de nascer no mesmo ano que a múmia do Niemeyer... hehehehe baci

Caco said...

Quando cê mudou o profile?
Desculpe, sou homem e engenheiro, demoro a perceber estas coisas... (riso envergonhado)
Beijo & stay high profile.

Fê Savino said...

Caro Sr. Maio... vou te dar uma bengalada na cabeça de presente... hehehe
Fico feliz que tenha gostado!
Beijo

Sir Josef K. - poxa, também não precisa diminuir o Niemeyer a uma simples múmia, né? Eu gosto dele... mas adoraria conhecer um pouco mais o trabalho da Frida! Parece ser encatandor!
Baci

Caco - Putz... faz um tempinho que mudei o profile, viu?!! hehe
Mas não se sinta culpado.. there's nothing to be ashamed of! Fico feliz que tenha percebido agora.. e espero ter gostado, pois se não gostou... ferrou, afinal, esta sou eu! haha
Beijoooos & keep realizing