Tuesday, August 03, 2010

Três linhas


Três linhas. O começo e o término se deu em apenas três linhas. Linhas que se cruzaram bem ali sob o meu olhar. Cruzaram-se. Descruzaram-se. Embalhararam-se. E trouxeram a dúvida, a bagunça completa. Apenas três linhas, a princípio paralelas, se espalharam pelos pensamentos. Causaram sentimentos. Não precisavam confundir, mas o fizeram. Trouxeram consigo a vontade de ver, mas, também, a vontade de esquecer. Foram tão-somente três linhas e de nada mais precisou.

1 comment:

Leca said...

Com três linhas...
apenas...três...
é possível se fazer muita coisa...
tear...
uma bela obra...
ou uma grande confusão...
beijos
Leca