Tuesday, January 18, 2011

Quadros


Era uma manhã ensolarada de domingo. O calor se fazia presente por meio das gotas de suor que escorriam daqueles rostos. A sala pequena, com suas paredes pintadas de branco, mal deixava caber todas as pessoas que vieram até ali dar a ele um último adeus. Os diversos cheiros de todas aquelas flores se misturavam às lembranças dos pensamentos que por ali pairavam. Cores e faixas se entrelaçavam com recados de carinho. A dor, a tristeza.

As preces eram levadas pelos poucos ventos que se movimentavam com a força do ventilador. Bênçãos e pensamentos bons ficavam por ali. Os amigos, os olhares, as pessoas cabisbaixas. A família unida, sem rumo.

Na sala ao lado, outra dor, outro sofrimento. Sempre pelo mesmo motivo. Sempre por conta dos ciclo natural da vida e da difícil aceitação.

2 comments:

Fernanda S. said...

Foto por José Carlos Costa - "Alentejo"

Caco said...

Sinto muito.
Beijodaí.