Sunday, February 27, 2011

Sobre valores



Alguns valores humanos apenas se perdem com o tempo, desaparecem com o vento. Outros permanecem, mas raros são aqueles que os guardam consigo e os demonstram nas horas certas. Eu admiro a sinceridade das pessoas. Acredito que quando somos sinceros “doa a quem doer”, as coisas simplesmente são mais fáceis de lidar. Ou mais descomplicadas, como queiram. Não há nada como uma boa conversa para colocar os pingos nos “is” despingados.

A diferença está nos olhos. Olhamos nos olhos dos outros para buscar a sinceridade que há dentro deles. Procuramos a todo custo encontrar o que há de bom nas pessoas e nem sempre encontramos. Mais fácil encontrar aqueles que desviam, mentem ou omitem apenas para obter vantagens e deixar você de lado.

Por outro lado, quando encontramos alguém que, aparentemente, está sendo sincero com a gente, desacreditamos que isso ainda exista e/ou seja possível. A verdade é que estamos tão acostumados com aqueles que têm a natureza podre que esquecemos que ainda há pessoas extremamente interessantes neste mundo.

Ponto para a sinceridade alheia.

3 comments:

Fernanda S. said...

Foto por Mario Sarabando

M. said...

Isso é bem verdade. Tá mais fácil identificar falta de sinceridade nas pessoas do que o inverso.

Ponto para a sinceridade alheia.

Lívia Possi said...

Ah, Fê. Pra mim, o grande problema é quando fazem da sincerida grosseria. Acho muito tênue a linha que separa as duas coisas, numa discussão...