Sunday, May 11, 2008

~ Friends ~


"É preciso que eu suporte duas ou três lagartas se quiser conhecer as borboletas"
(O pequeno princípe - dizeres da minha nova caneca de café!)
De vez em quando é necessário resgatar algumas coisas que ficam esquecidas no dia-a-dia: o tempo com os amigos!
Como é bom ver que ainda existem pessoas que gostam de você e te aceitam do jeito que você é e ver também que você mudou, mas não mudou tanto assim, pois algumas coisas são simplesmente a sua essência.
Percebi em poucas horas que sinto falta de abraços verdadeiros, de pessoas que realmente têm sangue correndo nas veias e que, simplesmente, sentem. Pessoas que vivem em mundos coloridos, com roupas coloridas, com papetes e meias e colares e cachecóis... enfim, percebi que no meu mundo sério terninho-sapato-calos-preto-cinza ainda cabem todas essas outras cores dentro e fora de mim. Ainda tem um sangue quente correndo pelas minhas veias que clama por viver e vivenciar experiências... conversar, trocar idéias, sentir. Apenas sentir como se nada mais importasse. Como se o mundo racional tivesse ficado lá fora da porta e eu estivesse aqui dentro, quentinha, sentindo a vida chegar e não apenas passar pelos meus olhos como se fosse um filme.
E é bom sorrir, é bom ter pessoas ao redor, é bom demais falar besteira, brincar e esquecer que existem coisas tão sérias por alguns momentos. Seja num café da tarde com um bando de mulher lutando pra falar e pra comer e se deliciar com tantas guloseimas, seja no meio de um shopping frio, tomando café, tirando fotos e lembrando, relembrando e contando histórias recentes e antigas de um tempo que passou, mas que marcou.
Acho que me senti mais completa este final de semana. Simplesmente mais humana.

9 comments:

Fernanda S. said...

Foto de Roberta Jardim

Vocêsabequem. said...

Esse "mundo sério terninho-sapato-calos-preto-cinza", é muito pequeno pra pessoas como nós, chérie. Somos muito mais que "corpo e alma", somos coração e pele e arrepios e cores e batuques de tambor, de um som explosivo. Fico feliz que você tenha "suspirado". O alívio é, talvez, uma das mais deliciosas sensações que se possa sentir. o desejo que fica aqui pra você, é aquele de que sempre falo. Viva. Ao vivo e a cores.

Fernanda S. said...

Ai que saudade.... =(

Pretinha said...

eu tb AMEI!!!!

é isso que quero pra mim...

Camila said...

Mais viva e com a melhor caneca de café do mundo! Lembre-se: repetir como um mantra! Porque algumas coisas entram por osmose! hahaha! E também lembrar: temos a essência e não precisamos mudá-la só conhecê-la. Porém, os outros também tem suas essências, por mais difícil que seja para nós compreende-las...o quanto eles são capazes de mudá-las? Quase nada, talvez...como nós. Aceitar é se libertar...Beijos!!!

N. Ferreira said...

Ai, amore, você conseguiu traduzir bem o que ando sentindo. Naquela tarde também me senti PLENA e confortável.

E todas essas sensações me levaram a novos questionamentos. Você os achará lá no meu cantinho.

Amo, flore, amo....

Apple of the Eyes said...

uou, fe savinooo
perfeito!!!!
e como é doce esse mel lá do final do arco-íris...

bjos da pati

Caco said...

entãofoibomentão

Flavia Melissa said...

foibãodemais!
amo!