Friday, January 05, 2007

* O mar e a fragilidade *



"Assim
Que o dia amanheceu
Lá no mar alto da paixão
Dava pra ver o tempo ruir"
(Oceano - Djavan)

Neste exato momento queria sentar em uma dessas pedrinhas e ficar assim.. sem fazer absolutamente nada! Apenas contemplando a bela paisagem ao meu redor e ouvindo o barulhinho bom das ondinhas...

Como é bonito o mar... mas confesso que morro de medo dessa imensidão azul infinita! Tenho medo de entrar e não sair mais! Engraçado que sempre que sonho com o mar as ondas gigantes vêm de encontro comigo e com violência... são sempre fortes e imponentes e eu pareço ainda menor e mais frágil... ainda mais incapaz... nada parecido com esta imagem de calma. Minha mãe sempre diz "o mar é traiçoeiro", mas nunca achamos (e agora estou incluindo você também) que será traiçoeiro conosco! Aliás, não sei você, mas eu, pelo menos, nunca acredito (ou não quero acreditar?) na traição em qualquer que seja a situação. Neste caso, acho que chego a ser demasiadamente ingênua quanto à isso. Principalmente quando pessoas de carne e osso estão envolvidas na questão. Nunca consigo imaginar as possíveis maldades de que uma pessoa traiçoiera seja capaz de cometer! Aliás, não consigo ver tanta maldade nas pessoas. Pensamentos negativos, atitudes negativas e o desejar mal ao outro não entram na minha cabeça. Mas, enfim... nem tudo é do jeito que imaginamos, muito menos as pessoas em geral que, assim como eu, também são movidas por sentimentos inúmeros e, às vezes, por razões completamente desconhecidas acabam indo por um outro caminho. A única coisa que resta nestes casos é a minha imensa frustração de achar que estas mesmas pessoas, em determinados casos, agiriam como eu, de acordo com o meu modo de pensar, de ser e de ver a realidade. Pura ilusão!!!

Por outro lado, a imagem da calma marítima me agrada muito e é com esta mesma calma que entrei com o pé direito no mar e me deparei com as ondinhas, desta vez com uma perspectiva completamente diferente: a de que elas eram frágeis e menores que eu!

3 comments:

Fê Savino said...

Foto: Miguel (eu tb não o conheço, mas a achei excelente!)
Tá bom... não queria q o texto fosse para este lado, mas não teve jeito. Acho que meu inconsciente anda falando muuuuito alto ultimamente! hehe

Anonymous said...

FEEEEE

amei ameiii seu sitezinho! hahahah eh mto sua cara mesmo!! ja li tudinho.. e AMEI de verdade!! mto fofo!!!!
bjocas amoreee

fabi

Nana Ferreira said...

Linda a imagem que se formou quando li sobre as ondas serem mais frágeis e menores que você.

Há de se impor, crescer, e tomar nas mãos e no peito todas as ondas do mundo - e que elas tragam a você grandes e ótimas surpresas!

PS: Delícia ler seu blog!