Sunday, September 30, 2007

* Desmoronar *

Revendo ver a casa, esta, em fama e idéia. Só por fora, com efeito; (...) Dizendo, formo é a estória dela, que fechei redonda e quadrada. Mas o mundo não é remexer de Deus: - com perdão, que comparo.
Oficial pedreiro, forro, eu era, nem ordinário nem superior; de chegar a mais, me impedia esse contra mim de todos, descrer, desprezo." (*)
Desconstruir para construir o novo. Desmontar, retirar... jogar fora um bando de entulho que tem neste armário, neste quarto, nesta vida. Afe... quanta preguiça de começar. Na verdade, nem sei por onde começar, nem sei aonde é o começo de tudo. A vida está de pernas pro ar e está me dando oportunidades as quais não consigo enxergar, pois tudo anda nebuloso, bagunçado, un casino!!!! Preciso retirar o velho, dar espaço do novo, já sei disso, só ando preguiçosamente preguiçosa... apenas pensando, colorindo e pensando mais um pouco. Não tenho vontade de levantar desta cadeira a não ser se for extremamente necessário. Aí você me pergunta: a mudança, pra você, não é extremamente necessária? Sim, é.
Então vai, mas vai logo antes que a vontade passe e você fique aí, sentada, pensando, pensando e não indo a lugar algum.
(*) Trecho do conto "Curtamão" da obra "Tutaméia", de Guimarães Rosa. Uso da linguagem quebrada de um humilde pedreiro que destrói para contruir, reconstruir.

5 comments:

Fê Savino said...

Foto: "Luz ao fundo do túnel" por Jose Luis Mendes

Tati Sleiman said...

Fee...
fodástico o texto, e tb o seu...
é...realmente preciso desmoronar pra construir as vezes né?!
Saudade imensaaaa de ti!
Como vc tá?

Boa semana pra vc linda!
beijo grande

Fê Savino said...

Tatiii.. q saudade de vc! Pensei que nem se lembrasse mais do endereço daqui, fofinha!!!
Realmente, às vezes precisamos ir até o fundo do poço pra depois sairmos amis fortes e ver que aquilo foi realmente necessário!!!

Ai.. adorei a visita! Apareça mais vezes...
Mil bjinhosss e uma ótima semana pra ti também!

Marco Vicente said...

valeu pela visita... eu também andei meio sumido por uns tempos hehe...

sobre o post "minha primeira vez", foi assim mesmo a primeira vez que tomei café expresso naquelas máquinas tipo "self service" hehe demorei um tempão para apertar um daqueles botões e colocar o copo no vão onde, quase como magia, cai o café...
:D

Marco Vicente said...

hahaha... é verdade... :D