Saturday, November 22, 2008

~ Choque ~

A arte de chocar as pessoas.

Sempre assim. Você faz tudo certo, tenta ajudar todo mundo, sua benevolência transborda e você suspira.

Olha por todos, pensa em todos, faz coisas contra a sua vontade e aí, tudo fica bem. Para os outros.

Um dia você cansa e pensa em experimentar o outro lado. Pensa em ser mais permissivo, mais solto e se deixar levar por outras oportunidades que sempre lhe são oferecidas e você sempre as nega. Não liga, não se arrepende, não se ressente. Mas os outros - sempre eles - se ressentem pelas suas atitudes. E ficam chocados com os resultados que você pode apresentar.

Pra mim, nada de errado... para eles, tudo.

Conhecemos as pessoas de um jeito e achamos que elas vão ficar daquele jeito até o fim da vida, com pequenas mudanças, sem criar grandes conseqüências. Sorry to disappoint you, but this is not the way it is.

A mudança, às vezes, é necessária e vem de dentro pra fora. Quando externada, causa estranhamento, ciúme e até um pouco de cara feia.

A inocência vem dando lugar à malícia e ao jogo de cintura. Sem problemas.... é assim que se começa a chocar as pessoas que acham que te conhecem, quando nem você mesmo sabe aonde deixou a identidade se perder...

2 comments:

Gian said...

Não só o mesmo tema, como também estamos passando pela mesma fase de mudanças! Assusta um pouco, as dúvidas enchem cadernos, mas no fim nós nos divertimos... hehehehe Buona Fortuna! Baci

Caco said...

'be yourself tonight'
'just be'
'let yourself go'

Que tal balancear as duas coisas. Nenhuma delas é de toda ruim, o que já é uma grande coisa.

Beijodaí.